A Associação criou um departamento que dá pelo nome de Centro de Estudos e Formação da AMAYUR, designado por CEF-AMAYUR.


Este departamento pretende regularizar e harmonizar a formação que é oferecida pelas diferentes entidades formadoras na medida em que esta formação não é reconhecida pelo Estado Português.


Desta forma estão, até ao momento, previstos dois cursos o Curso Técnico e o Curso de Terapeuta de Medicina Ayurveda.


 


AMAYUR MEDICINA AYURVEDA ASSOCIAÇÃO EVENTOS FORMAÇÃO
CONTACTOS


Este curso serve para dar um conhecimento das várias técnicas e massagens do Ayurveda assim como conhecimentos gerais, numa forma intensiva.

Curriculum do Curso Técnico de Medicina Ayurveda


Este curso vem proporcionar um conhecimento profundo sobre Ayurveda, dando enfase às Terapias preventivas e curativas através da eliminação das toxinas da mente e do corpo através de vários métodos de forma a restaurar o equilíbrio no corpo e promover a saúde. Este curso dedica-se a todos os profissionais da área da saúde ou outros que procuram uma Medicina Natural de acordo com os conhecimentos Védicos.


Curriculum do Curso de Terapeuta de Medicina Ayurveda

Curriculum do Curso de Técnico de Medicina Ayurveda_CEF_AMAYUR.pdf Curriculum do Curso de Terapeuta de Medicina Ayurveda_CEF_AMAYUR.pdf

Pré-requisitos para o Curso de Terapeuta de Medicina Ayurveda:

- Habilitações Literárias minimas - 12º Ano

- Idade superior a 18 anos

Pré requisitos para o Curso de Técnico de Medicina Ayurveda:

- Habilitações Literárias minimas- 9º Ano

- Idade Superior a 18 anos



Equipa de formação


A formação em Medicina Ayurveda  é ministrada  integralmente pela entidade formadora escolhida pelo formando.

Os seguintes formadores são responsáveis por unidades curriculares especifícas.

Estes cursos são leccionados apenas pelas entidades com protocolo de ensino.


No Diploma final do Curso constarão os institutos com quais a AMAYUR tem protocolo:




As formações de Terapeuta e Técnico de Medicina Ayurveda não são reconhecidas pelo Estado Português.

Curso Técnico de Medicina Ayurveda


Curso Terapeuta de Medicina Ayurveda


Dra. Lúcia Cordeiro da Silva

UC- Anatomofisiliogia

 

Dr. Paulo Meira

UC- Sânscrito


Professor de Sânscrito e de Estudo dos Clássicos Ayurvédicos (Centro de Línguas da Faculdade de Letras)

Doutorado em Sânscrito (Tilak Maharashtra University, Índia)

Mestrado em Estudos Orientais e Pós-gradução em Estudos Indianos (Universidade Católica Portuguesa).

Cursos de formação ligados à Terapia Ayurvédica (Suraj Ayurveda Clinic and Research Centre, Pune, Índia).

Leccionou e frequentou o Curso de Medicina Ayurvédica (4 anos c/ supervisão científica de Dr. Ghanashyam Marda).

Dr. Nuno Saramago

UC- Introdução à Farmacologia


Licenciado em Ciências Farmacêuticas pela Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (1994-99), exerce a sua actividade como Farmacêutico Comunitário há 17 anos, tendo passado por todos os cargos na farmácia (Farmacêutico, Farmacêutico-Adjunto e Diretor Técnico). Atualmente exerce a sua actividade profissional como Farmacêutico Adjunto na Farmácia dos Foros de Amora, sob a Direção Técnica do Dr. Paulo Santos.

Paralelamente à sua prática de farmacêutico, é formador na Escola de Pós-Graduação em Saúde e Gestão da Associação Nacional das Farmácias, nas áreas de Formação para Técnicos de Farmácia, Cross-selling e Up-selling e Formações para a Indústria Farmacêutica (Mylan, Sanofi, Glaxo-SmithKline, Bluepharma, L’Óreal, Milupa, FDC, Oficinal, Galderma, Urgo).

É ainda formador nas áreas de Suplementação e Dopagem no Desporto e foi docente convidado na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, no âmbito dos Mestrados e Pós-Graduações, na disciplina de Farmacoterapia de Não-Prescrição.



 

Dr. Manuel Alves

UC- Anatomofisiliogia - Suporte Básico de Vida (SBV)


Mestre em Segurança e Higiene no Trabalho, pelo ISCE do IPSetubal (2011), e Engº. Técnico Eletrotécnico pelo ISEL – IPLisboa (1987), desenvolve a sua actividade profissional na área da Gestão de Energia e Sustentabilidade.

Desde 1991, que em contexto de voluntariado está ligado à emergência pré-hospitalar, assumindo actualmente a função de elemento de comando dum Corpo de Bombeiros, é formador de socorrismo reconhecido pelo INEM, CVP – Cruz Vermelha Portuguesa e ENB – Escola Nacional de Bombeiros, sendo também formador na área de Salvamento e Desencarceramento da ENB – Escola Nacional de Bombeiros.